CONCEITOS E METODOLOGIA DO ‘RECRIAÇÃO DE HISTÓRIAS’

# ‘Recriação de Histórias’ é um processo de aprendizagem de natureza construtivista direcionado para o desenvolvimento da inteligência criativa no âmbito do imaginário.

# É um método pedagógico de alcance terapêutico, formatado para facilitar a composição, liberação e transformação de conteúdos que se encontram em trânsito nos complexos de natureza psicoemocional.

# O ‘Recriação de Histórias’ visa possibilitar a melhoria no processo de escolha dos afetos, a ressignificação de conteúdos psicológicos e a otimização dos vínculos positivos; contribuir para a diminuição de estresses, aumento da autoestima e do bem-estar emocional.

# O vetor principal da aprendizagem é o desenvolvimento do ‘potencial gerador criativo’ que, atrelado à percepção intuitiva, é impulsionador do conhecimento tácito em bases propositivas.

# O ‘Recriação de Histórias’ é utilizado no processo de crescimento pessoal, no atendimento psicológico individual e nos grupos de aprendizagem.

# As vivências de ‘Recriação de Histórias’ acontecem de maneira singular para a pessoa que está em conexão criativa. Os enredos e cenários são formados a partir dos estímulos emergentes, influenciados por conteúdos inconscientes ou por acontecimentos do cotidiano, integrado à vontade natural de alcançar a realização e o bem-estar.

# O processo de criação é constituído de narrativas expresso em áudios, vídeos, desenhos, pinturas e colagens; na composição de textos e nos jogos dramáticos.

# O fator gerador que forma a linguagem durante as vivências é o resultado do incitamento que acontece de maneira explícita ou tácita, impulsionado por escolhas afetivas de origem pré-consciente ou inconsciente.

# As sessões são concebidas e desenvolvidas de uma forma poética e intuitiva, inspiradas no perfil criativo do facilitador, na energia do grupo e na sintonia que se estabelece entre os participantes.